Cuidados que iniciantes no tênis devem ter

Você já tentou praticar tênis? Esse esporte está cada vez mais ganhando espaço e praticantes. Nesse artigo você verá os cuidados que iniciantes no tênis devem ter para não ter frustações com o esporte. 

Apesar de parecer fácil repetir os movimentos que os profissionais fazem dentro de quadra, o tênis não é um esporte fácil de dominar. Ele é, de fato, uma atividade divertida – mas deve ser enxergado como um caminho para se manter em forma, não necessariamente para entrar em forma.

Se um jogador não está em boa forma e mesmo assim inicia a prática do tênis, existem reais riscos de lesões. Caso isso venha acontecer, o iniciante poderá ter uma imagem ruim desse esporte e achar que ele pode ser mais prejudicial do que útil — o que na verdade não é.

O tênis é um esporte que se baseia em sprints curtos e mudanças constantes na técnica. Justamente por ser uma atividade dinâmica e de diferentes movimentos, essa modalidade exige muito das articulações e músculos. Não à toa iniciantes se machucam seriamente e optam por não continuar no tênis, como é o caso de Luiz Duarte, ex-tenista que após contusão grave se dedicou a outra esporte — o poker. Por isso a importância dos exercícios adequados para evitar contusões, principalmente as musculares.

“Lesões musculares geralmente ocorrem a partir de movimentos bruscos rápidos. Um bom aquecimento seguido de bom alongamento pode ajudar a diminuir as tensões musculares. O aquecimento deve incluir um movimento lento, que dure pelo menos 30 segundos, em cada grupo muscular dos braços e pernas”, afirma a ortopedista Ana Paula Simões.

Ao ver, pela TV, profissionais distribuindo golpes potentes quase que a todo instante, muitos amadores, quando não acompanhados de bons instrutores, acreditam que a força dos tenistas está somente nos braços. Com isso, alguns iniciantes têm a falsa certeza que com a mesma raquete do seu ídolo e repetindo os mesmos movimentos nos golpes, usando somente a força dos braços, eles acreditam que atingirão um bom nível de jogo logo cedo, mas não é o que acontece. Os tenistas profissionais treinam o corpo inteiro e também a mente, não somente áreas específicas.

Novak Djokovic, um dos melhores tenistas da história e vencedor de 12 Grand Slams, é conhecido por ser um dos melhores atletas do circuito do profissional. Para alcançar bolas praticamente impossíveis e “surfar” em quadra, além de treinar quase todos os dias com profissionais extremante preparados, ele tem uma estrutura atlética que permite ele atingir esse grande nível de tênis e preparação física.

“Na pré-temporada, que é o período do ano que podemos treinar mais e com mais força, costumo fazer 3 ou 4 horas de tênis e 1 ou 2 horas de treino físico, dependendo de como eu me sinto. Também faço muita corrida, mais corrida do que levantamento de peso”, disse. “Além do trabalho físico faço Yoga também, utilizo algumas técnicas que me ajudam a me concentrar e relaxar”, completou o sérvio em janeiro de 2015.

Grande parte das lesões nos tenistas iniciantes ocorrem por fratura por estresse. Isso acontece porque os músculos não estão aptos a receber tanto impacto e transferem sobrecarga aos ossos.

“Entre jogadores iniciantes, 20% deles sofrem fraturas de estresse, em comparação com apenas 7,5% dos jogadores profissionais. Elas são o resultado do aumento do impacto quando os músculos não estão preparados para absorver a energia e a transmite para o osso. Quando isso acontece o osso não consegue adaptar-se rapidamente o suficiente para acomodar o estresse e quebra”, diz Simões.

Outros vários fatores influenciam negativamente para que ocorram lesões no tênis. O mau uso de raquete (com peso e tensão inadequada) e gestos errados na técnica, principalmente no backhand com uma das mãos, por exemplo, podem provocar lesões no punho e também gerar o cotovelo de tenista, cujo termo médico é epicondilite lateral.

Sobrepeso e calçado inadequados podem favorecer a lesões no joelho e membros inferiores. Na quadra de saibro, piso mais comum em academias de tênis no Brasil, o uso do calçado adequado é um fator crucial para evitar contusões nos membros inferiores, pois na “terra batida”, como é conhecido o saibro, a tendência é o tenista escorregar com frequência em quadra.

“Existem calçados mais apropriados para cada tipo de superfície, porém, não existe um padrão a ser seguido para detectar o melhor tipo de tênis para cada superfície. Por isso, o ideal é procurar um especialista para ter certeza que está adquirindo o calçado adequado. O normal (mas não obrigatório) é que, por exemplo, calçados específicos para quadras de saibro possuam ponto de giro (círculo com ranhuras localizado na parte da frente do solado) que ajudam na rotação do corpo e ranhuras um pouco mais profundas ou ‘cravos’ milimétricos para auxiliar na fixação do tênis no saibro”, indica Fabrizio Tivolli, encordoador e consultor de equipamentos de tênis.

Para se divertir com o tênis e não ter uma grande desilusão desse esporte que é desafiador e dinâmico, lembre-se sempre de procurar bons profissionais para alcançar níveis físicos adequados e fazer o uso de equipamentos de corretos.

Fonte: https://horadotreino.com.br/cuidados-que-iniciantes-no-tenis-devem-ter/

Alpha Esportes233 Posts

Alpha Esportes (AE) é o primeiro portal de esportes e saúde de Alphaville. Aqui você encontra tudo que rola sobre as diversas modalidades esportivas praticadas e oferecidas na região, calendário e cobertura de eventos, serviços, notícias e conteúdo exclusivo das principais modalidades, como: Corrida, Ciclismo, Natação, Fitness/Academia, Tênis, Lutas, Dança e muito mais.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password